Passo a passo | O roteiro do Casamento Real

Nas últimas semanas um casamento tem movimentado as manchetes e também as linhas aéreas que ligam o Reino Unido ao resto do mundo. Chegou a vez de do príncipe Harry, o sexto sucessor ao trono da monarquia britânica,  levar uma velha conhecida do público ao altar. Megan Markle, atriz que ficou conhecida pelo seriado Suits, será nomeada a duquesa de Sussex.

Tradição na cerimônia

Considerado o casal moderninho da realeza, pelo menos para cerimônia, a tradição do palácio de Buckinghan falou mais alto. Ela será realizada amanhã, sábado (19), no Castelo de Windsor, no Reino Unido, ao meio dia do horário local. São aguardados 2,5 mil convidados para o evento e a presença de mais de 100 mil turistas e entusiastas da família real nas proximidades do castelo. O evento também contará com transmissão ao vivo pela rede britânica BBC.

Finger foods para realeza

Após a cerimônia o casal seguirá em um passeio de carruagem até o St. George´s Hall, no próprio Castelo de Windsor. A recepção será oferecida pela Rainha Elizabeth II para um número reduzido de pessoas – desta vez, 600 convidados. Neste momento, mais reservado, a quebra de protocolos já é vista de forma mais sutil.

Segundo o jornal Daily Mail, a cozinha do castelo será a responsável pelo preparo de aperitivos e canapés baseados em vegetais das propriedades da família real. Tudo será servido com a ajuda de um serviço volante, em pequenos recipientes para possam comê-los de pé. A escolha, segundo o Chef Mark Flanagan, que comanda a cozinha real há anos, faz parte da opção do casal para que possam participar da festa de forma mais dinâmica, transitando dentre os convidados.

Mini-Wedding. Será?

Após a primeira recepção o casal deverá seguir para um terceiro espaço. O príncipe Charles organizará um jantar para cerca de 250 convidados na Frogmore House. Considerando um casamento que terá em sua cerimônia pública cerca de 2500 pessoas, a redução para uma celebração com os 10% mais íntimo deve mostrar um pouco da tendência cada vez mais moderna: quanto menor, melhor!

Planejamento para coroa

A família real britânica é considerada por 68% da população uma instituição importante para o país. O uso do dinheiro público para despesas reais é sempre um assunto delicado dentre os britânicos. Por isso um planejamento estratégico detalhado costuma ser divulgado antes de qualquer evento real. O custo estimado para o casamento do príncipe Harry e Meghan Markle é de US$ 45 milhões. Para os que se indignaram com as cifras, calma! Deste valor  US$ 42 milhões seriam apenas para despesas com a segurança do evento entre Londres e Windsor. Nada de incidentes para os noivos e nem para quem deseja prestigiar a coroa, não é mesmo? A família real deverá pagar do próprio bolso gastos como a cerimônia religiosa, a música associada, as flores, decorações e a posterior recepção.

Números reais

Os custos para realizar um casamento real podem até parecer estratosféricos para nós plebeus. Para o Reino Unido o evento deve se trata de um investimento: US$ 406 milhões é quanto o casamento de Harry e Meghan deve gerar para o turismo. Outros US$ 67,7 milhões serão gerados apenas com a venda de souvenirs relacionados ao casamento no mercado local. Ou seja, não há gastos desenfreados também para realeza. É preciso que tudo caiba no orçamento e ainda que ele seja divulgado publicamente para milhares de pessoas.

Agora que você já sabe tudo sobre o casamento real, que tal começar a planejar o seu casamento de forma tão inteligente e organizada quanto o da realeza? Baixe agora e abuse do Checklist Mês a Mês – Falta um Ano! Vai ser um prazer dividir este sonho com você!

Deixe um Comentário